segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Um Natal diferente, um Natal em comemoração à vida!








É comum que no Natal, como em tantas outras festas, para alegrarmos nosso paladar demandarmos a morte de galinhas, perus, porcos, vacas, entre outros animais. Eles são mortos porque nós iremos comê-los. Claro!
Quase todos eles transportados e mortos a base de muito sofrimento.
Ah! Mas são galinhas, porcos, vacas...
Há lugares no mundo em que se comem cachorros, gatos e nós nos horrorizamos com isso. Talvez, no Natal, eles escolham, no restaurante, um belo cachorrinho para a ceia. Por aqui, escolhemos patos, perus, carneiros...Lá, cachorros, gatos, coelhinhos e, até, insetos estranhos à nossa culinária!
Qual é a diferença?
O Natal nos remete a pensamentos de paz, solidariedade, fraternidade, amor...Vamos colocá-los em prática? Ao menos na noite de Natal?

Proponho uma ceia vegetariana.
Irc! Ceia vegetariana? Ceia de alface, cenoura e chuchu?
Não. Claro que não!
A comida vegetariana tem que ser equilibrada (carboidratos, proteínas, vitaminas e sais minerais), pode ser light e DEVE ser gostosa.
Nesse Natal, experimente ajudar a salvar um desses bichinhos e, de quebra, tenha uma ceia saudável, nutritiva e gostosa! Ah! E mais barata!

Veja quantas possibilidades!

Entradas
Bruschettas - tradicional, de shitake, de caponata;
Pão sírio com coalhada seca, homos ou babaganuchi;
Guacamole.

Saladas
Salada de radichio, alface americana e agrião, com molho pesto e crouton;
Salada de alface americana, rúcula e molho dijon;
Salada de tomate com mozzarela de búfala e manjericão;
Salada de fuzili integral com brócolis, abrobrinhas, aspargos e cogumelos;
Salada de folhas com queijo gratinado;
Salada de folhas com manga e uva itália;

Pratos Quentes
Couscous marroquino com manga grelhada;
Fundo de alcachofra recheado com molho de tomate e queijo ao forno;
Quiche de alho poró e a infinidade de quiches vegetarianos existentes;
Lazanha de abobrinha ou de beringela;
Arroz integral com lentilha;
Todas as massas (devem ser integrais) sem molho de carne (molhos de queijo ou de funghi ou pesto);
Brócolis e castanha de caju com arroz integral;
strogonofe de "carne" de soja;
Abobrinha ou beringela recheada;
Soufles de legumes;
Mousse de acelga com agrião;

Sobremesas
Todas são vegetarianas

P.S. Este artigo não tem a pretensão de “fazer a cabeça” de ninguém, no sentido de buscar a imposição de idéias, de conceitos. Quero, sim, mostrar apenas que há alternativas de uma dieta saudável e coerente com o chamado “espírito natalino". Quero, também, provocar a discussão sobre a importância de começarmos, ao menos, refletir – em tempos de crise ambiental – sobre a necessidade de mudanças de nossos hábitos de consumo, inclusive, de nossos hábitos alimentares.

*Pra a elaboração de quaisquer desses pratos é possível se buscar a receita “nele”, no “oráculo”, “naquele que tudo sabe”, no Google! rs rs

FELIZ NATAL A TODOS!
P.S.

6 comentários:

Anônimo disse...

Sr. Gabriel.

Os seres vivos do reino vegetal não sofrem?

Quando são feridos não sentem algum tipo de dor?

Essa é uma dúvida que tenho e que não consigo responder.

Obrigado.

Dani

Anônimo disse...

Cumpadi Gabrié,

uma coisa é certêra. Uma costelinha e um lombinho são danado de bão.

Inda mais com uma cove bem fininha e uns torresminho fica mió ainda. E se tive uma dose da boa então, viche sô.
O leitão qui mi discurpe.

Seu cumpadi.

L. Archilla disse...

que google, oq! vou ceiar na sua casa...

Anônimo disse...

Gabriel... concordo plenamente com vc, pena q a maioria das pessoas achem q s animais só existem para nos servir!
Quanta ignorância!
Sou vegetariana de alma e coração e tenho certeza que "Amar ao próximo" significa amar todas as espécies, sem distinção, ou seja "racionais" ou não.
Miriam

Anônimo disse...

Ora, hipocresia? Se tem algo de errado nisso então pergunte pra Deus porque nos deixou se alimentar de carne? Desde da época de Caim e Abel.
Tô fora hipocresia...mas tô dentro na costelinha e lombinho.
Fui!!!

Ivanise Torres @hotmail.com disse...

Oi Gabriel...
Até os próprios animais entendem que não se deve matar à toa, mas por justa causa...
...E quantas pessoas matando animais...e desperdiçando comida....
Se podemos optar por um tipo de alimento mais saudável, (têm tantos)...por quê vamos matar um animal, não é mesmo?
Ontem eu fiz hamburguer de soja... Com queijo mussarella, requeijão, alface, tomate...ficou ótimo! não dá p/ distinguir,é bem saboroso...
Eu encontrei vários produtos no supermercado, (caixinhas de congelados sadia), que são ótimos: nuguetes de legumes, nuguetes de soja, hamburguer de soja...(não qurendo fazer propaganda...rsrs)
Ah, sem contar que as massas tbém ajudam muito...com aqueles molhos deliciosos...
A quaresma nos ajuda a refletir sobre essa mudança de hábitos...e a praticá-la...aliás, Deus faz tudo certo...